Seguidores

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Amar a quem?

Amar a quem?

Pastor Sérgio Carlos da Silveira
Leituras Essenciais
Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;
Mateus 5:44
Quando achamos que somos o centro das atenções é hora de ajoelhar-se, só prestamos quando servimos. O estilo de meu Senhor foi sempre servir!

         Introdução
Para entendermos o que significa SERVIR  a alguém, devemos observar a palavra SERVO, em seu sentido etimológico: do original SERVITIUM, como se vê, é uma palavra de origem no Latim e significa, “escravidão, servidão”, de SERVUS, “escravo”.  Acredita-se  que SERVUS tenha origem etrusca.
O que é servir ao próximo?
Servir ao próximo é doar-se a si mesmo em prol de alguém, aceitar ser servo da necessidade desta pessoa, amar sem exigir nada em troca. E amar assim vai na contramão da Sociedade. Vivemos em uma Sociedade onde o que manda é quem manda mais, quem tem maior influência, quem tem mais dinheiro e aos outros cabem o papel de serem vaquinhas de presépio, balançando a cabeça em aceitação muda. O Império do Individualismo é o pensamento dominante e o mundo caminha para a total destruição. Pensar no próximo tornou-se algo abjeto, totalmente desprovido de respeito. Mas, se como CRISTÃOS aceitarmos pensar assim, estamos indo contra os ensinamentos do Senhor Jesus que disse: Amai ao próximo como a si mesmo (Marcos 12-31) , Amai aqueles que vos odeiam (Mateus 5-44),  Orai pelos que vos perseguem (Mateus 5-44) .
Se não aceitamos viver em função do próximo, está na hora de desistirmos do CRISTIANISMO. E você pode pensar que esta Mensagem é dura, mas Deus nos chamou como voz no deserto e como João Batista, estamos abrindo Caminho para que o Senhor venha e Ele virá. Ou vivemos em função do próximo ou baixamos nossas armas e voltemos à nossa antiga história, deixando o Evangelho, pois se não seguimos a vontade do Senhor, somos escandalizadores e estes tais devem sair de nosso meio.
Conclusão
Paulo ao escrever aos habitantes de Roma, esclareceu bem o que é amar ao próximo. O apóstolo ensinou que devemos socorrer nossos inimigos  nas suas dificuldades  (Romanos 12-20).
Não adianta fugirmos de nossa verdadeira Missão: Amar o próximo seja ele nosso amigo, inimigo ou desconhecido, todos devem receber nosso Amor e ser alcançado pelo mais importante fruto do amor: abnegação, ou seja, abrir mão de si mesmo. Amor Abnegado é exatamente isto, entregar-se a Algo ou Alguém, desapegando-se de seus próprios interesses.

Que tal pensar nisto e despertarmos para nossa verdadeira missão?

Receba as mensagens no seu Email